Tira dúvidas do IR 2021: parcela isenta, plano de saúde



Especialista em imposto de renda da consultoria EY, Antonio Gil, vai responder todas as semanas, durante todo o prazo de declaração, a 15 perguntas dos leitores. O prazo para fazer a declaração do Imposto de Renda 2021 já começou – e com ele as dúvidas dos contribuintes.
Para ajudar nessa tarefa, a pedido do G1, o especialista em imposto de renda da consultoria EY, Antonio Gil, vai responder todas as semanas, durante todo o prazo de declaração, a 15 perguntas dos leitores. Serão 3 perguntas por dia, de segunda a sexta.
Tem alguma dúvida? Mande sua pergunta e veja as já respondidas
SAIBA TUDO SOBRE O IMPOSTO DE RENDA 2021
1) Pergunta: Como e onde posso lançar o excedente da parcela isenta de proventos de aposentadoria acima de 65 anos? (José dos Santos)
Resposta: O excedente deve ser informado em Rendimentos Tributáveis recebidos de pessoa Jurídica, acompanhado do CNPJ e nome da fonte pagadora da aposentadoria. Para esse ano, uma novidade trazida pelo programa de imposto de renda é a possibilidade de informar o valor total em rendimentos isentos de aposentadoria recebida por maiores de 65 anos, e se valer do recurso em que o próprio programa calcula a parcela excedente e já transporta automaticamente para a ficha Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Jurídica.
2) Pergunta: Minha esposa agora trabalha e não a coloco mais como dependente. Ela também não declara IR porque não precisa. Pago um plano de saúde para nós dois e vem especificado o valor de cada um no extrato desse plano. Posso declarar o valor total ou devo excluir o valor da minha esposa? (Jose Neves da Silva)
Resposta: Somente podem ser incluídos os pagamentos em nome do titular ou dependente. Logo, as despesas com plano de saúde de sua esposa somente poderiam ser incluídas se ela figurasse como sua dependente na declaração. Portanto, não sendo sua dependente você não poderá deduzir a parte da despesa correspondente a ela como beneficiária do plano.
3) Pergunta: Como declaro no IR plano de saúde que pago, mas não está em meu nome? (Welington Fernandes da Silva)
Resposta: É possível declarar somente os valores pagos a planos de saúde para si próprio ou para dependentes incluídos na declaração de imposto de renda. Você não poderá deduzir os valores em sua declaração com outros indivíduos que não sejam seus dependentes na declaração. Na hipótese de tais indivíduos apresentarem declaração separadamente, será considerada despesa dedutível na declaração deles o valor pago ao plano de saúde correspondente a seu custo como beneficiários.
Source: Globo Economia