Pandemia provocou leve queda na produção mundial de plástico, a 3ª desde a Segunda Guerra Mundial



Antes, fenômeno só aconteceu em 1973, com a crise do petróleo, e em 2008, com a crise das subprimes. Copos de plástico são vistos em supermercado em Lisboa, em Portugal, em imagem de arquivo
Rafael Marchante/ Reuters
A produção mundial de plástico registrou leve queda de 0,3% em 2020 devido à pandemia de coronavírus, um fenômeno que só aconteceu três vezes desde a Segunda Guerra Mundial, anunciou nesta quinta-feira (10) a PlasticsEurope, associação europeia de produtores de plástico.
O planeta produziu “367 milhões de toneladas de plástico em 2020, contra 368 milhões de toneladas em 2019”, afirmou à AFP Eric Quenet, diretor da PlasticsEurope.
O mundo registrou dois retrocessos em sua produção de plástico desde o fim da Segunda Guerra Mundial: em 1973, com a crise do petróleo, e em 2008, com a crise das subprimes (créditos imobiliários de alto risco).
Na Europa, a queda foi de 5,1%.
O setor automobilístico, que registrou importantes interrupções em sua produção devido à crise de saúde, reduziu o consumo de plástico em 18,1% na Europa.
A tendência foi diferente na China, onde a produção de plástico aumentou 1% em 2020.
A China fabricava 25% do plástico mundial em 2010 e é responsável atualmente por um terço, depois que dobrou sua produção entre 2010 e 2020, quando produziu 117 milhões de toneladas.
O país exporta PVC para a construção e outros plásticos, mas continua importando plástico para a indústria automobilística.
A Europa, que produzia 21% do plástico mundial em 2010, é responsável atualmente por 15%, ou seja, 55 milhões de toneladas.
Source: Globo Economia