Dólar opera em queda, com atenções voltadas à cena externa



No dia anterior, o dólar caiu 0,3%, vendida a R$ 4,091. Miriam Leitão traz os bastidores da divisão de recursos do megaleilão do pré-sal
O dólar opera em queda nesta quarta-feira (9), após confirmação de um corte de juros pelo BC dos EUA na véspera e o aceno da China a um acordo comercial parcial com os Estados Unidos.
Às 9h32, a moeda norte-americana caía 0,28%, vendida a R$ 4,0795. Veja mais cotações.
No dia anterior, o dólar caiu 0,3%, vendida a R$ 4,091. No mês, o dólar tem queda acumulada de 1,55%, mas no ano há alta de 5,6%.
O presidente do Federal Reserve (BC dos EUA), Jerome Powell, sinalizou uma abertura para novos cortes de juros em meio aos riscos econômicos globais, elevando as apostas de outro corte de juros nos EUA ainda este ano.
Notícia da Bloomberg afirmou que a China ainda está aberta a um acordo comercial parcial com os Estados Unidos desde que não sejam impostas novas tarifas. Já o jornal “Financial Times” informou que as autoridades chinesas estão oferecendo aumentar as compras anuais de produtos agrícolas dos Estados Unidos.
No cenário local, as discussões sobre a divisão de parte dos recursos da cessão onerosa entre Estados e municípios avançaram na Câmara na terça.
O BC realiza nesta sessão leilão de até 10.500 contratos de swap cambial reverso e ofertará até 525 milhões de dólares em dólar à vista. Adicionalmente, a autarquia também realizará leilão de contratos de swap tradicional, para rolagem do vencimento dezembro de 2019.
Source: Globo Economia