Dólar opera em alta e chega a bater R$ 4 com cenário local e dados fracos da China



Na véspera, a moeda norte-americana caiu 0,09%, vendida a R$ 3,9761. Paulo Guedes diz que PIB será revisado para baixo de 2%
O dólar opera em alta nesta quarta-feira (15), abrindo o pregão acima de R$ 4, em meio à renovada aversão ao risco após a divulgação de dados fracos sobre a economia chinesa e após o ministro Paulo Guedes reconhecer que a economia está no “fundo do poço”. Prévia do PIB do Banco Central mostra retração no 1º trimestre. Investidores estão ainda de olho na disputa comercial entre EUA e China.
Às 9h21, a moeda norte-americana subia 0,48%, vendida a R$ 3,9953. Na máxima do dia, chegou a R$ 4,0058. Veja mais cotações.
Guedes afirmou na terça-feira que a previsão de crescimento do PIB neste ano caiu para 1,5%.
De acordo com o Índice de Atividade Econômica (IBC-Br), uma espécie de “prévia” do Produto Interno Bruto (PIB), divulgado pelo BC nesta quarta, a economia brasileira registrou retração de 0,68% no primeiro trimestre de 2019.
Resultado oficial do PIB será divulgado pelo IBGE em 30 de maio e, se retração for confirmada, será a primeira em dois anos.
Com dados ruins no 1º trimestre, analistas veem possível queda no PIB
No cenário externo, a China e os Estados Unidos concordaram em continuar conversando sobre sua disputa comercial.
A China informou um crescimento inesperadamente fraco nas vendas no varejo e na produção industrial de abril nesta quarta, ampliando a pressão sobre Pequim para adotar mais estímulo conforme a guerra comercial com os Estados Unidos se intensifica.
O Banco Central realiza nesta sessão leilão de até 5,05 mil swaps cambiais tradicionais, correspondentes à venda futura de dólares, para rolagem do vencimento de julho, no total de US$ 10,089 bilhões.
Na véspera, a moeda norte-americana caiu 0,09%, vendida a R$ 3,9761.
Source: Globo Economia