Bovespa avança, com Petrobras e JBS no radar


Na véspera, índice recuou mais de 1%, tendo de pano de fundo a ausência da referência de Wall Street. Bovespa
Nelson Almeira/AFP
O principal índice da bolsa paulista, a B3, opera em alta nesta quarta-feira (5), após recuar mais de 1% na véspera, tendo de pano de fundo a ausência da referência de Wall Street, enquanto o noticiário corporativo local destaca o plano de negócios da Petrobras 2019-2023 e nomeação de Gilberto Tomazoni como novo presidente-executivo da JBS.
Às 10h28, o Ibovespa subia 0,41%, a 88.991 pontos. Veja mais cotações
As ações da Petrobras recuavam mais de 2% nas preferenciais (prioridade na distribuição de dividendos) e tinham leve alta nas ordinárias (direito a voto).
A estatal divulgou nesta quarta seu plano de negócios para 2019-2023, que prevê uma carteira de investimentos de US$ 84,1 bilhões para o período. Na previsão para o período entre 2018 e 2022, a estatal estimava investimentos de R$ 74,5 bilhões.
Os papéis da JBS avançavam mais de 3%, após nova contratação na cúpula da empresa, agora do executivo Guilherme Cavalcanti como vice-presidente financeiro global (CFO) e diretor de relações com investidores, por indicação do novo presidente-executivo.
As bolsas de Nova York não operam nesta sessão, por conta do fechamento dos mercados, pelo falecimento do ex-presidente George H.W. Bush, o que deve encolher a liquidez e deixar o mercado mais volátil.
Na véspera, o Ibovespa caiu 1,33%, aos 88.624 pontos. Na máxima do dia, a bolsa chegou a 90.452 pontos.
Source: Globo Economia