Banco Inter anuncia plano de reorganização de estrutura acionária



Assembleia geral de credores para deliberar o assunto foi marcada para o próximo dia 26. Medidas visam melhorar sua governança e aumentar a liquidez de ações. O Banco Inter anunciou nesta terça-feira (11) plano de reorganização da estrutura societária, que prevê o desdobramento de ações e conversão dos papéis em units, ao mesmo tempo em que busca elevar o nível de governança corporativa e assegurar maior liquidez a longo prazo para acionistas.
De acordo com fato relevante, a proposta prevê listagem das ações ordinárias de emissão do banco – atualmente só são negociados na bolsa os papéis preferenciais (PN) – à negociação perante a B3 e implementação de um programa de emissão de certificados de depósitos de ações do banco para a formação de units – compostas de 1 ação ordinária e 2 ações preferenciais.
O plano também contempla o desdobramento da totalidade das atuais 101.534.167 ações, sendo 50.767.085 ordinárias e 50.767.082 preferenciais, na proporção de 1 ação para 6 ações da mesma espécie, com o capital social do banco passando a ser formado por 609.205.002 ações.
A proposta ainda inclui pedido de migração do Inter ao segmento especial Nível 2 de governança corporativa da B3.
A partir da evolução de tais etapas, “o Banco Inter irá avaliar formas de incrementar sua estrutura de capital, seja por meio de admissão de investidor estratégico em seu capital social e/ou de uma oferta pública primária subsequente de ações”, afirmou no fato relevante.
O banco acrescentou que tal movimento será importante para sustentar o ritmo de crescimento experimentado desde a sua abertura de capital, com destaque para o atingimento de mais de 2 milhões de correntistas no primeiro trimestre de 2019.
Em abril, o Inter recebeu aprovação presidencial para ter até 100% de seu capital em poder de estrangeiros, se necessário. O banco é controlado pela família Menin, que detém 57,9% do seu capital e também controla a construtora MRV Engenharia.
No mês passado, a Reuters noticiou, citando fontes, que o Banco Inter estava em tratativas para contratar as unidades de banco de investimento do Banco Bradesco e do Citigroup como assessores financeiros para um possível aumento de capital.
O conselho de administração do Inter ainda aprovou em reunião na véspera a convocação de assembleia geral extraordinária (AGE) para o próximo dia 26 para tratar sobre os referidos assuntos.
Source: Globo Economia